Na sexta-feira (20/10), no campus centro da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul), na Rua Santo Antônio, 50, no Centro, foi aberto o II Congresso Médico Universitário da USCS – COMUSCS. Organizado pelos próprios estudantes — uma parceria do Centro Acadêmico de Medicina de São Caetano do Sul e Ligas Acadêmicas da Medicina da Universidade Municipal de São Caetano do Sul  — o evento seguiu até o dia 22 de outubro, domingo, abordando diversos assuntos referentes à área de emergências médicas.

Na cerimônia de abertura, o prefeito José Auricchio Júnior, médico formado pela Faculdade de Medicina do ABC, parabenizou os estudantes pela iniciativa, lembrando que, quando aluno, ele também presidiu um congresso universitário. E destacou a importância do tema escolhido, enfatizando a importância de uma boa formação para atuar no serviço de emergência: “Em São Caetano, para trabalhar na Urgência, é necessário atender a uma série de requisitos”, disse ele.

Auricchio também congratulou os estudantes pela escolha do médico Dario Birolini, que foi um de seus professores no curso de Medicina, para proferir a palestra de abertura. Uma das referências mundiais em cirurgia do trauma, Birolini é professor emérito da Universidade de São Paulo e fundador da Sociedade Brasileira para o Atendimento Integrado do Traumatizado (SBAIT). Ele abordou os impactos médicos e sociais do trauma, que ocupa o terceiro lugar entre as causas de morte na região sudeste, perdendo apenas para doenças do aparelho circulatório e neoplasias (tumores).

A programação inclui workshops, palestras e apresentações de trabalhos técnicos. Segundo os organizadores, o objetivo é unir, em um só evento, grandes nomes da pesquisa científica, da educação médica e da atuação médica bem como alunos, professores e profissionais da saúde que têm afinidade ou interesse nos assuntos abordados pelo evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here