No dia 5 de dezembro, o Senado aprovou o projeto de Decreto Legislativo (PDS) 42/2015 para sustar uma portaria do Ministério da Saúde, de 2013 (portaria 1253/2013) que restringia o acesso de mulheres com idade entre 40 e 49 anos ao exame de mamografia pelo Sistema Único de Saúde (SUS).  A portaria priorizava recursos para o diagnóstico do câncer de mama para mulheres entre 50 e 69 anos.

A decisão dos senadores foi unânime, derrubando a portaria. Mas não alterou a rotina da rede municipal de saúde de São Caetano do Sul: mesmo durante a vigência da portaria, a mamografia nunca deixou de ser oferecida às mulheres a partir de 40 anos de idade.  “São Caetano segue as diretrizes da Sociedade Brasileira de Mastologia, que preconiza a mamografia a partir dos 40 anos de idade anualmente e, a partir dos 30 anos, nos casos de alto risco, ou seja, quando a mulher tem antecedentes familiares de câncer de mama”, informa a secretária de Saúde, Regina Maura Zetone.

Para realizar a mamografia pela rede pública de São Caetano, basta que a munícipe procure a UBS (Unidade Básica de Saúde) e passe por uma consulta ginecológica. O ginecologista realizará o encaminhamento para a realização do exame. Os exames de rotina são feitos anualmente; em caso da existência de alguma alteração no exame, a mamografia pode ser repetida após seis meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here