Odontologia foi uma das especialidades oferecidas pelo programa Gente Cuidando de Gente.

Na última edição do programa “São Caetano Bairro a Bairro”, entre os dias 12 e 16 de dezembro, no Bairro São José, foram registrados 2.027 atendimentos, incluindo saúde e prestação de serviços, como a emissão de documentos e serviços municipais de todas as secretarias.

Em todos os dias de mutirão estiveram presentes, entre as ruas Eduardo Prado e Senador Fláquer, representantes de todas as instâncias do Poder Público Municipal – secretarias, autarquias e outros órgãos vinculados – em uma grande tenda de atendimento ao munícipe. Ali, os cidadãos são-caetanenses tiveram a oportunidade de receber informações, orientações, tirar dúvidas, fazer críticas e sugestões. Durante a semana, a audiência pública com o prefeito José Auricchio Júnior foi realizada via internet (live).

No total, foram mais de 30 mil atendimentos desde a retomada do Bairro a Bairro em janeiro deste ano.

Os serviços prestados pela Secretaria de Saúde (Sesaud) foram oferecidos por intermédio do programa Gente Cuidando de Gente, na quarta-feira (13), e no sábado (16). Na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dolores Massei houve aferições da tensão arterial e de teste glicêmico. Profissionais de várias especialidades fizeram plantão para atender aos munícipes, dentro e fora da UBS, na tenda e unidade móvel.

“Na tenda, tivemos a equipe multidisciplinar de nutrição e fisioterapia, além do atendimento dos clínicos gerais e gastrologia. Dentro da UBS, no piso térreo, a neurologia, cardiologia, ginecologia, ortopedia, dermatologia e odontologia. E, na parte de baixo da unidade, anestesista, endocrinologista e geriatra”, detalha a gerente de Enfermagem da Atenção Básica, Daiane Brígida. Uma equipe do curso de enfermagem do Instituto Paulista também esteve presente no mutirão.

O prefeito José Auricchio Júnior, na tenda de atendimento do Bairro a Bairro.

O atendimento oftalmológico foi realizado em uma unidade móvel do programa Saúde em Movimento, em frente ao número 145 da rua Senador Fláquer. Ali foram feitos exames de biomicroscopia (que examina as estruturas externas e internas do globo ocular), fundoscopia (o exame de fundo de olho), tonometria de aplanação (medição da pressão intraocular) e refração (para identificar a acuidade visual e o grau de óculos do paciente).

CIDADÃO DA HISTÓRIA

Paralelamente aos atendimentos médicos houve a solenidade de entrega dos diplomas aos “Cidadãos da História”, destinados aos moradores e empreendedores mais antigos do bairro.

“Contando a história de cada um de vocês, a gente conta a história do bairro. Há 25 anos, o prefeito Tortorello, numa ousada manobra administrativa, trouxe para cá, que era uma área até então abandonada, degradada, a sede da Prefeitura Municipal. São 25 anos do Palácio da Cerâmica. Junto a ele, vieram avenidas, o Saesa, a sede da Associação Desportiva São Caetano, a GCM (Tiro de Guerra), enfim, uma série de benefícios que acompanharam uma grande transformação no bairro”, relembrou o prefeito José Auricchio Júnior.

Os registros do projeto Cidadão da História serão arquivados na Fundação Pró-Memória. Os familiares terão total acesso às imagens e à história de seus entes queridos e antepassados, responsáveis por manter viva a história do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here